Notícias

27/05/2021

Trabalhador demitido sem justa causa na Petrobras é reintegrado e receberá indenização de R$ 32 mil

Um empregado ilegalmente dispensando com propósito discriminatório da Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras) será reintegrado e receberá indenização por danos morais no valor de R$ 32.625,55.

Representado pelos advogados do escritório Pacheco e Cunha Advogados Associados, o empregado foi demitido sob a justificativa que havia descumprido ordens de seu superior.

Os advogados, então, entraram com uma ação trabalhista. Após as comprovações necessárias, conseguiram, assim, os direitos citados ao empregado – atualmente reintegrado.

Voltar

Gostou do nosso conteúdo?
Registre-se para receber mais.

Compartilhe
Desenvolvido por In Company